Utilização de cookies

Esta página web utiliza cookies. Se continuar a navegar consideramos que aceita o seu uso. Aqui pode encontrar mais detalhes.

_DSC5988.tif

Julia Hoppe e Marika Stammler

"Na MEWA temos todas as portas abertas!"

Julia Hoppe e Marika Stammler em entrevista

  • Confiança duradora

    Confiança duradouraA MEWA cultiva uma relação de confiança tanto com clientes, como com colaboradores.

  • Ambiente familiar

    Aqui as pessoas ocupam um lugar central: As pessoas fazem a MEWA.

  • Incentivo ao entusiasmo

    A MEWA permite definir objetivos e alcançá-los com motivação.

 "Onde há sujidade, o nosso pano de limpeza entra em ação!", graceja Marika Stammler, recentemente Diretora comercial de grandes clientes na MEWA. Há mais de trinta anos que trabalha em distribuição. Sem qualquer formação. "Comecei como vendedora de calçado", explica. Com 28 anos comecei a trabalhar no Departamento de distribuição da MEWA. "Isso foi logo um desafio", recorda. O que a ajudou? "Todo o apoio que recebi: a MEWA é uma empresa familiar. Fazemos tudo em conjunto, mantemo-nos juntos como uma equipa. Podemos falar com todos de manhã, à tarde e também à noite! Isso torna a MEWA mais forte – a também a mim.“

"Ajudaram-me desde o início

Também Julia Hoppe teve um bom começo na empresa: "Ajudaram-me desde o início: com formações, documentos de vendas, em todos os aspetos", afirma a Diretora regional, que trabalha no departamento de distribuição desde 2015. "Além disso, tive um mentor que esteve sempre lá para mim." Nunca me senti desamparada. Neste momento, sente-se entusiasmada com o futuro: "Na MEWA tenho todas as portas abertas!", afirma. "Apercebi-me logo na entrevista de emprego: aqui posso continuar o meu desenvolvimento! E não estarei sozinha.” 

Muito apoio, processos de decisão curtos e muita responsabilidade

Também Marika Stammler nunca parou. Passou de Diretora regional a Diretora comercial de grandes clientes. Atualmente, conta com muitos anos de sucesso na MEWA e continua "apaixonada pelo pano de limpeza", tal como afirma. Em todos estes anos, nunca pensou numa mudança de emprego. "A MEWA oferece tudo o que é preciso para nos sentirmos bem e podermos continuar o nosso desenvolvimento", afirma ela. "Colegas cordiais, muito apoio, processos de decisão curtos, muita responsabilidade". E graceja ainda: "Excelente equipamento, um veículo de empresa adequado, um bom salário. O que mais se pode querer? Em março de 2017, passou da área de vendas ativas para o desenvolvimento de novos talentos: agora, trabalha como mentora na MEWA e orienta os jovens funcionários nos seus primeiros passos - tal como Julia Hoppe fez, enquanto sua mentora, quando começou a trabalhar na empresa.

Saiba o que mais Marika Stammler e Julia Hoppe contam sobre a MEWA aqui.